música
Buscador

Letra de Malhas Do Amor - Ricardo Ribeiro

Letra de canción de Malhas Do Amor de Ricardo Ribeiro lyrics

Se a memória me não falha
Foi quando malha vestias

Se a memória me não falha
Foi quando malha vestias

Que me prendes-te na malha
Do vestido que trazias

Que me prendes-te na malha
Do vestido que trazias

Estavas linda, sedutora
Qual tarde primaveril

Estavas linda, sedutora
Qual tarde primaveril

Bela como o mês de Abril
Sem ares de grande senhora

Bela como o mês de Abril
Sem ares de grande senhora

Vinhas pela rua fora
Ao ver-te, disse bons dias
Fingindo que me não vias
Puxaste ao vestido a malha
Se a memória me não falha
http://www.coveralia.com/letras/malhas-do-amor-ricardo-ribeiro.php
Foi quando malha vestias

Se a memória me não falha
Foi quando malha vestias

Segui-te, fui atrevido
Começando por dizer

Segui-te, fui atrevido
Começando por dizer

Como gostava de ser
As malhas do seu vestido

Como gostava de ser
As malhas do seu vestido

Quase perdi o sentido
Ao reparar que me ouvias
Sorrindo, nada dizias
Mas foi assim, minha gralha
Que me prendeste na malha
Do vestido que trazias

Que me prendeste na malha
Do vestido que trazias



Vota esta canción:
0/10 ( votos)

Discos en los que aparece esta letra:

La letra de canción de Malhas Do Amor de Ricardo Ribeiro es una transcripción de la canción original realizada por colaboradores/usuarios de Coveralia.
Ricardo Ribeiro Malhas Do Amor lyrics is a transcription from the original song made by Coveralia's contributors/users.

¿Has encontrado algún error en esta página? Envíanos tu corrección de la letra