música
Buscador

Letra de Bigamia - Ornatos Violeta

Letra de canción de Bigamia de Ornatos Violeta lyrics

Cingir meu corpo, esquecer a bigamia,
Um nó em mim serei cireneu ao outro dia,
Herdei do mal a mal toda a virtude,
Mas perco tudo se me perco assim será só,
Fazer a deus a vontade e ver que mesmo assim:
A febre não para!
A fome não para!
A sede não para!
A gula não para!
Tudo me enjoa, Tudo me irrita,
Ver-te bem no cimo desta afronta, vais ver quanto mais me excita,
Eu sofro de alalia. Sofremos de alalia.
Mas perco tudo se me perco assim será só,
Fazer a deus a vontade e ver que mesmo assim:
A febre não para!
A sede não para!
A fome não para!
A gula não para!

http://www.coveralia.com/letras/bigamia-ornatos-violeta.php
Dizia o outro que isto é só biologia.
Prometo o mundo à noite,
E o fim virá de dia,
Resta pensar que será por amor,
Mas perco tudo se me perco assim será só,
Fazer a deus a vontade e ver que mesmo assim:
A febre não para!
A sede não para!
A fome não para!
A gula não para!

Hei hei, HEI HEI!

Foi não que eu dou, Que eu dou tão.
Mas perco tudo se me perco assim será só,
Fazer a deus a vontade e ver que mesmo assim:
A febre não para!

Letra subida por: Anónimo

Vota esta canción:
0/10 ( votos)

Discos en los que aparece esta letra:

La letra de canción de Bigamia de Ornatos Violeta es una transcripción de la canción original realizada por colaboradores/usuarios de Coveralia.
Ornatos Violeta Bigamia lyrics is a transcription from the original song made by Coveralia's contributors/users.

¿Has encontrado algún error en esta página? Envíanos tu corrección de la letra